O espírita na sociedade

Quem é Chico Xavier
20 de novembro de 2017
Como não se envolver nas energias negativas
20 de novembro de 2017

O espírita na sociedade

Cidadão é aquele indivíduo pertencente ao Estado  com direitos e deveres diante da sociedade. Independente de religiões ou crenças todos têm o dever de zelar pelo funcionamento, tal como o bem coletivo.

O espírita é aquele que segue a doutrina codificada por Allan Kardec, porém, são acima de tudo as pessoas que têm o compromisso com a caridade, o consolo e aprendizado coletivo visando o progresso.

É ele também o promotor da verdade e esclarecimento, liberdade de expressão e livre arbítrio  e luta pela garantia dos direitos civis de todos os cidadãos. Os espíritas são responsáveis pela evolução moral, mesmo sendo este um processo gradativo e individual, deve-se sempre ser exercido com amor ao próximo.

Não é nenhum espírita o detentor da verdade absoluta. Todas as crenças e convicções são falhas, pois é da natureza humana. Assim como é fundamental basear-se nas condutas morais religiosas, deve-se apoiar nas ciências e filosofias para alcançarmos o crescimento como sociedade. A evolução completa deve ser trabalhada nos âmbitos morais e intelectuais.

799- De que maneira pode o Espiritismo contribuir para o progresso?

“Destruir o materialismo, que é uma das chagas da sociedade…”

Outra grande missão do espírita na sociedade é a luta contra o materialismo. As coisas materiais são contribuintes ao progresso do homem encarnado e de suas sociedades e não podem ser os objetos de ganância e poder, ou tal quanto de dependência primitiva do mundo corpóreo.

806- É Lei da Natureza a desigualdade das condições sociais?

“Não; é obra do homem e não de Deus.”

Uma das consequências do materialismo é a desigualdade social produzida pelo orgulho e egoísmo do ser humano. Na sequência da pergunta os espíritos superiores ainda ressaltam que essa condição irá desaparecer com o fim desses fatores.

É importante que o espírita estejam presentes na vida pública de nossa sociedade. Não deve se partidarizar com opiniões; acima de qualquer ideologia política está o progresso coletivo e a garantia de todos os direitos à sociedade.

O bem está na prática de pequenos atos de caridade. Pode ser ela uma singela ajuda material ou o consolo espiritual e o esclarecimento intelectual. Faça pela sociedade com amor ao próximo em busca do progresso individual e a evolução do coletivo, a nossa sociedade.

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Mundo Maior em Debate – O papel dos espíritas

Parte1

Parte 2:

Parte 3:

Fontes: O Clarim – Edição do mês de setembro de 2017. O Livro dos Espíritos, Itens Influência do Espiritismo no progresso e Desigualdades Sociais. O Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XVII – O homem de bem e Os bons espíritas. Imagens ilustrativas retiradas de espiritismonapraticalancemannion

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

 

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
//]]>